Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Quase 600 detidos em Cabo Verde durante Estado de Emergência devido ao coronavírus

Pessoas detidas por desobediência ao recolher domiciliar imposto devido à evolução da pandemia.
Lusa 18 de Junho de 2020 às 09:27
Coronavírus xx
Coronavírus xx FOTO: Reuters
As forças de segurança cabo-verdianas detiveram quase 600 pessoas por desobediência ao recolher domiciliar imposto pelo estado de emergência para travar a progressão da covid-19 e que vigorou, diferenciado por ilhas, durante dois meses.

Segundo o relatório sobre o estado de emergência, entregue pelo Governo ao parlamento, "no que ao recolhimento domiciliar diz respeito", e apesar de uma "maior flexibilização conferida por lei no último período", na ilha de Santiago, as equipas conjuntas da Polícia Nacional e das Forças Armadas abordaram 5.596 pessoas na via pública e 4.718 viaturas.

Durante o estado de emergência, cujo primeiro período entrou em vigor em todo o território nacional em 29 de março e o último terminou em 29 de maio, apenas na ilha de Santiago, devido à concentração de casos da doença na cidade da Praia, a população estava obrigada ao recolhimento domiciliário.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Cabo Verde Santiago Estado de Emergência política
Ver comentários