Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Quatro anos por abusar da filha

Violou a filha de quatro anos e usou uma webcam para que um outro homem assistisse. O horrendo crime foi cometido no Canadá em Outubro do ano passado e ontem um tribunal condenou este pai criminoso a quatro anos de prisão.
22 de Dezembro de 2007 às 00:00
Como o tempo que esteve preso enquanto decorriam as investigações será descontado, o pedófilo sairá em liberdade daqui a 20 meses.
O criminoso – cujo nome não foi divulgado para proteger a identidade da menina – foi apanhado durante uma investigação policial à pornografia infantil. O homem que assistiu pela internet à violação era um agente disfarçado.
Antes de proferir a sentença o juiz John McGarry afirmou: “Palavras não podem descrever o que se vê nas imagens. É uma criança de quatro anos a ser usada pelo pai para sua própria gratificação sexual.” As palavras chocadas do juiz não se reflectiram na sentença. Paul Krawczyk, o agente disfarçado, considerou a sentença demasiado leve. “A criança vai ter de viver com isto toda a vida.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)