Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Quatro mil pessoas protestam em Budapeste

Cerca de quatro mil pessoas protestaram hoje em Budapeste contra o Governo de Centro-Direita do primeiro-ministro Viktor Orban, num protesto convocado pela organização Milla (um milhão pela liberdade de imprensa), noticiou a agência France Presse.
17 de Março de 2013 às 19:13

Os manifestantes empunhavam bandeiras húngaras e europeias, assim como faixas em que se lia "Viktator", numa referência ao chefe do Governo.

O antigo primeiro-ministro tecnocrata húngaro, Gordon Bajnai (Centro-Esquerda), que formou um partido com vista às eleições legislativas da primavera do próximo ano, integrou a manifestação, mas não usou da palavra.

Inicialmente prevista para 15 de março, dia da festa nacional magiar, esta manifestação foi adiada devido ao forte nevão que paralisou o país.

As principais forças da oposição de esquerda, que apelaram à manifestação de 15 de março, não renovaram o apelo para o protesto de hoje.

O filósofo húngaro Miklos Tamas Gaspar disse hoje que a oposição devia refletir sobre um eventual boicote às eleições de 2014.

O "resultado está já escrito antecipadamente" e não será mais do que, segundo Gaspar, legitimar o poder de Viktor Orban.

protesto 4 mil pessoas Budapeste governo húngaro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)