Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Queda de heli mata militares dos EUA

Um helicóptero da NATO despenhou-se na madrugada de ontem em Syedabad, na província afegã de Maidan Wardak, no centro do país, matando 31 militares dos EUA e sete afegãos. Trata-se do maior número de baixas entre as tropas estrangeiras num único incidente desde o início do conflito no país, há uma década. Os taliban garantem que o aparelho foi derrubado por um míssil.
7 de Agosto de 2011 às 00:30
Incidente envolveu um helicóptero ‘Chinook’ igual ao da foto
Incidente envolveu um helicóptero ‘Chinook’ igual ao da foto FOTO: S. Sabawoon/Epa

O aparelho, um ‘Chinook’, caiu durante uma missão nocturna contra a guerrilha taliban, contando-se entre as vítimas 25 elementos do ‘Team 6’ dos Seals, a unidade especial da Marinha dos EUA que matou Osama bin Laden no início de Maio. Desconhecia-se ainda se algum dos militares mortos esteve envolvido na operação contra o líder da al-Qaeda. Além dos restantes seis norte-americanos, também das tropas especiais, morreram ainda na queda do helicóptero sete soldados das Forças Especiais afegãs.

Os taliban, que garantem ter abatido o heli, alegam que a NATO atacara uma casa onde guerrilheiros estavam reunidos, matando oito deles.

EUA MILITARES MORTE QUEDA HELICÓPTERO AFEGANISTÃO NATO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)