Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Quem apanhar coronavírus primeiro, ganha: é este o novo desafio das festas

Anfitriões convidam propositadamente pessoas infetadas com o novo coronavírus.
Correio da Manhã 2 de Julho de 2020 às 16:19
Coronavírus nos EUA
Coronavírus nos EUA FOTO: EPA

Vários estudantes no estado norte-americano do Alabama estão a organizar festas para contrair a Covid-19. O lema é: quem apanhar primeiro coronavírus é o vencedor e recebe um prémio em dinheiro.

Os jovens convidam pessoas já infetadas para que seja possível a transmissão. Segundo a Câmara Municipal de Tuscaloosa, os participantes colocam dinheiro num pote e tentam apanhar o novo coronavírus, depois o vencedor leva o pote para casa.

A cidade está a apertar as medidas de contingência para travar este tipo de situações. "Trata-se de um problema de saúde pública. As pessoas estão a morrer e não há cura. Temos que fazer o possível para salvar o maior número de vidas", disse Sonya McKinstry, representante da Câmara-.

Segundo a porta-voz do Departamento de Saúde Pública do Alabama as pessoas que testam positivo são obrigadas a permanecer no local de residência e respeitar uma quarentena de 14 dias. A violação desta lei pode levar a multas até 500 euros.

Recentemente, a cidade da Universidade do Alabama, e de várias outras faculdades, registou um pico de casos com um total de dois mil testes positivos e 38 mortes, segundo o Departamento de Saúde Pública. No estado de Alabama já morreram pelo menos 947 pessoas com Covid-19.




Covid-19 Alabama Tuscaloosa questões sociais coronavírus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)