Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Quem era Lygia Fazio, a modelo brasileira que morreu "vítima da busca pela beleza"

Jornalista não resistiu a um AVC, após várias complicações de saúde relacionadas com procedimentos estéticos clandestinos que fez.
Joana Duarte 2 de Junho de 2023 às 09:52
Lygia Fazio morreu aos 40 anos
Modelo teve várias complicações de saúde após realizar diversas cirurgias estéticas
Lygia Fazio era modelo, jornalista e tinha mais de 900 mil seguidores no Instagram
Lygia Fazio morreu aos 40 anos
Modelo teve várias complicações de saúde após realizar diversas cirurgias estéticas
Lygia Fazio era modelo, jornalista e tinha mais de 900 mil seguidores no Instagram
Lygia Fazio morreu aos 40 anos
Modelo teve várias complicações de saúde após realizar diversas cirurgias estéticas
Lygia Fazio era modelo, jornalista e tinha mais de 900 mil seguidores no Instagram

"Vítima da busca pela beleza sem fim". É assim que é descrita a jornalista e modelo brasileira Lygia Fazio, que morreu na quarta-feira, aos 40 anos, vítima de um AVC após várias complicações de saúde relacionadas com procedimentos estéticos clandestinos que realizou.

Lygia Fazio era seguida por mais de 900 mil pessoas na rede social Instagram, onde partilhava a rotina do dia-a dia com quem a seguia. Dona de um corpo escultural e adepta de procedimentos estéticos, Lygia descrevia o autocuidado como um "conjunto de atitudes voltadas para melhorar a qualidade de vida".

Após a morte trágica de Lygia, a vida da mulher tem despertado curiosidade. De acordo com a Globo, Lygia Fazio foi musa do clube de futebol Coritiba e destaque da escola de samba Académicos do Grande Rio. Licenciou-se em jornalismo e era também modelo.

Mas o percurso de Lygia não está apenas ligado ao mundo da beleza. A mulher tentou uma carreira política quando se candidatou a deputada estadual em São Paulo, pelo Partido Progressistas (PP), nas eleições de 2022.

Lygia Fazio tinha dois filhos, Davi, de 11 anos, e Thor, que vai comemorar o segundo aniversário no dia 25 de junho.

A jornalista estava internada desde abril, devido a complicações de saúde que começaram quando Lygia colocou silicone industrial e PMMA, um componente plástico, no rabo. O produto acabou por se espalhar pelo corpo, desencadeado várias infeções.

A modelo acabou por não resistir a um AVC. O funeral de Lygia Fazio  aconteceu esta quinta-feira em Taboão da Serra, no estado de São Paulo, no Brasil.

Lygia Fazio AVC São Paulo jornalista política morte modelo cirurgias estéticas
Ver comentários
C-Studio