Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Quim Torra relança desafio separatista da Catalunha

Novo líder do governo catalão jura lealdade a Puigdemont e promete construir República catalã. Governo espera para ver.
Ricardo Ramos 15 de Maio de 2018 às 13:08
Quim Torra
Quim Torra
Quim Torra
Quim Torra aplaudido no parlamento da Catalunha
Quim Torra
Quim Torra
Quim Torra
Quim Torra aplaudido no parlamento da Catalunha
Quim Torra
Quim Torra
Quim Torra
Quim Torra aplaudido no parlamento da Catalunha
O deputado independentista Quim Torra foi esta segunda-feira eleito como novo presidente do governo catalão e insistiu na promessa de construir uma República independente, que certamente o colocará, mais cedo ou mais tarde, em rota de colisão com o governo de Madrid. Para já, Mariano Rajoy optou por esperar para ver, mas já avisou que não hesitará em voltar a aplicar toda a força da Lei para travar novo desafio separatista.

Torra, que foi eleito por maioria simples com os votos dos partidos independentistas Juntos Pela Catalunha e ERC, a abstenção dos radicais da CUP e os votos contrários de todos os partidos constitucionalistas, começou o seu discurso repetindo que o presidente do governo catalão devia ser Carles Puigdemont, a quem manifestou total lealdade. Prometeu ainda que a sua prioridade será avançar para a "construção da República catalã" através do lançamento de um "processo constituinte" para elaborar a Constituição de um futuro estado, e garantiu que tenciona recuperar as 16 leis que foram suspensas ou anuladas pela Justiça espanhola.

O PM Mariano Rajoy, que prometeu levantar o Artigo 155, que suspendeu a autonomia catalã quando houvesse um novo governo, vai reunir-se nos próximos dias com os líderes dos principais partidos para acertar uma posição.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)