Quim Torra relança desafio separatista da Catalunha

Novo líder do governo catalão jura lealdade a Puigdemont e promete construir República catalã. Governo espera para ver.
Por Ricardo Ramos|15.05.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O deputado independentista Quim Torra foi esta segunda-feira eleito como novo presidente do governo catalão e insistiu na promessa de construir uma República independente, que certamente o colocará, mais cedo ou mais tarde, em rota de colisão com o governo de Madrid. Para já, Mariano Rajoy optou por esperar para ver, mas já avisou que não hesitará em voltar a aplicar toda a força da Lei para travar novo desafio separatista.

Torra, que foi eleito por maioria simples com os votos dos partidos independentistas Juntos Pela Catalunha e ERC, a abstenção dos radicais da CUP e os votos contrários de todos os partidos constitucionalistas, começou o seu discurso repetindo que o presidente do governo catalão devia ser Carles Puigdemont, a quem manifestou total lealdade. Prometeu ainda que a sua prioridade será avançar para a "construção da República catalã" através do lançamento de um "processo constituinte" para elaborar a Constituição de um futuro estado, e garantiu que tenciona recuperar as 16 leis que foram suspensas ou anuladas pela Justiça espanhola.

O PM Mariano Rajoy, que prometeu levantar o Artigo 155, que suspendeu a autonomia catalã quando houvesse um novo governo, vai reunir-se nos próximos dias com os líderes dos principais partidos para acertar uma posição.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!