Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Radical islâmico deixou carta de despedida

Ramzi Mohammed, um dos seis radicais islâmicos de origem africana que começaram a ser julgados em Londres, no passado dia 15, acusados de envolvimento nos atentados falhados de 21 de Julho de 2005, deixou uma carta onde mencionava que iria levar a cabo um ataque bombista numa das estações de metro, no sul da capital britânica, em nome de Alá, esperando que o seu acto lhe garantisse a passagem para o Paraíso.
17 de Janeiro de 2007 às 17:40
O júri do caso tinha anunciado ontem ter visto o vídeo que mostra os arguidos a tentarem detonar as bombas e a fugirem em pânico, quando não o conseguiram.
Tudo indica que as bombas, uma mistura caseira de peróxido de hidrogénio, acetona, farinha e ácido, não explodiram uma vez que não foram misturadas nas quantidades correctas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)