Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Rádio Mulher de Bafatá quer ajudar a mudar a Guiné-Bissau

RMB propõe mudar a mentalidade e a presença feminina nas esferas de decisão.
Lusa 23 de Setembro de 2019 às 05:00
Rádio Mulher de Bafatá
Rádio Mulher de Bafatá FOTO: Facebook

A Guiné-Bissau tem cerca de 40 rádios comunitárias, mas há mais de um ano que a Rádio Mulher de Bafatá, no leste, está no ar com propostas para mudar a mentalidade e a presença feminina nas esferas de decisão.

A RMB tem várias particularidades: dos 14 colaboradores da estação, apenas dois são do sexo masculino e ambos são seguranças, o resto é constituído por jovens jornalistas recrutadas pela associação "Jornalistas Solidários de Espanha", impulsionadora do projeto.

A associação foi criada por um jornalista espanhol que se interessou por uma história de um guineense, de uma aldeia de Bafatá, que acabou morto no mediterrâneo quando tentata chegar a Espanha, num processo de emigração clandestina.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)