Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

RAFFARIN TEME ACÇÃO PRIVADA

O primeiro-ministro francês, Jean-Pierre Raffarin, considerou ontem que “qualquer iniciativa privada” é “susceptível de criar uma ameaça” para os dois jornalistas franceses raptados no Iraque.
4 de Outubro de 2004 às 00:31
Afirmou ainda que “os poderes públicos continuam, de forma organizada e coordenada, a realizar os contactos necessários para obter a libertação efectiva” de Christian Chesnot e Georges Malbrunot.
Ver comentários