Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Rapaz de 15 anos mata professor que o assediou

Jovem foi apanhado a tentar vender a mota da vítima.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 2 de Setembro de 2016 às 11:30
Raimundo Geilson Carlos Araújo tinha 57 anos
Raimundo Geilson Carlos Araújo tinha 57 anos FOTO: Direitos Reservados

Um rapaz de 15 anos matou à facada um professor de 57 que, alegadamente, o tentou assediar. O crime ocorreu em António Martins, cidade no interior do estado brasileiro do Rio Grande do Norte, no nordeste do Brasil.

O agressor, que não pode ter a identidade revelada por ser menor, foi encontrado horas depois em Caraúbas, cidade vizinha, a beber cerveja num bar. Tornou-se suspeito na cidade por estar a tentar vender a mota do professor, que roubou. O facto de estar a vender o veículo por um preço muito abaixo do seu valor fez os moradores chamarem a polícia.

De acordo com o inspetor Erick Gomes, que conduz a investigação, o menor acabou por confessar o crime depois de ser levado para a esquadra de Caraúbas. Aí, foi revistado e exibiu os pés sujos de sangue. Pressionado, desabafou e falou do crime, que até aí era desconhecido das autoridades.

Foi ele quem indicou o local onde tinha deixado o corpo do docente, Raimundo Geilson Carlos Araújo, na região rural de António Martins, cidade onde ambos moravam.

O adolescente disse que tinha dado mais de dez facadas no professor, que o chamou a sua casa e tentou fazer sexo com ele, ignorando a recusa do menor. Após o crime, o rapaz roubou pertences e a mota da vítima e fugiu da cidade, tentando vender o veículo de duas rodas para conseguir dinheiro e ir para longe.

António Martins Rio Grande do Norte Caraúbas Erick Gomes abusos assédio jovem homicídio mata professor
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)