Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

RAPTORES VÃO JULGAR JORNALISTAS FRANCESES

O intitulado grupo "Exército islâmico no Iraque" vai julgar "nos próximos dias" os dois jornalistas franceses que mantém como reféns e dará a conhecer "um veredicto", segundo um comunicado na Internet atribuído ao grupo que reivindicou o sequestro, divulgado esta quinta-feira.
16 de Setembro de 2004 às 16:16
A mensagem, visível na rede durante algumas horas, antes de ser fechado o "site" do grupo, foi difundida hoje pela emissora francesa "Europe 1" e citada pelo jornal "Le Monde".
"Estamos a tentar averiguar a existência do comunicado", assinalou um porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros francês, segundo o qual o encerramento do "site" do grupo impossibilitou o acesso ao texto.
O comunicado dizia que "o tribunal do Exército islâmico no Iraque" se reunirá "nos próximos dias" e "dará o seu veredicto" sobre Christian Chesnot e Georges Malbrunot, sequestrados desde 20 de Agosto último.
O texto não continha qualquer referência ao estado de saúde ou à eventual libertação dos jornalistas.
Ver comentários