Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Raúl Castro quer reunir-se com Barack Obama

O presidente cubano, Raúl Castro, está disposto a reunir-se com o presidente norte-americano eleito, Barack Obama, em "território neutro", como a base norte-americana na Baía de Guantámano, de acordo com um artigo assinado pelo actor e director de cinema americano Sean Penn.
27 de Novembro de 2008 às 12:04
O presidente Raúl Castro que sucedeu ao seu irmão, Fidel Castro, em Fevereiro deste ano
O presidente Raúl Castro que sucedeu ao seu irmão, Fidel Castro, em Fevereiro deste ano FOTO: d.r.

“Talvez nos pudéssemos encontrar em Guantámano. Devemos reunir-nos e começar a solucionar os nossos problemas", afirmou Raúl Castro numa entrevista concedida a Sean Penn, que vai ser publicada na revista nova-iorquina 'The Nation', no próximo dia 15 de Dezembro. 

 

Durante a entrevista, Castro disse que não achava justo ser ele a fazer primeiro a visita por serem sempre os presidentes latino-americanos a visitar primeiro os EUA, salientando que também seria injusto esperar que o presidente norte-americano fosse a Cuba, pelo que defendeu um enconto em "território neutro".

 

A entrevista concedida a Sean Penn reflectiu o interesse de Raúl Castro em estabilizar as relações comerciais com os EUA e acabar com o bloqueio.

 

“Nada pode deter a revolução. Que venham os cubanos visitar as suas famílias. Que venham os americanos a Cuba. Somos pacientes como os chineses. Cerca de 70 por cento da nossa população nasceu sob o bloqueio", assinalou o presidente cubano.

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)