Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Raúl Reyes abatido

O número dois das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), Raúl Reyes, e 17 membros da guerrilha colombiana foram ontem mortos numa uma operação do Exército contra uma base da guerrilha no Equador.
2 de Março de 2008 às 00:30
Segundo anunciou o ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, o Exército atacou um campo da guerrilha das FARC no Equador, onde se encontrava Raúl Reyes. A operação começou ontem de madrugada com um bombardeamento aéreo seguido de um ataque terrestre que causou a morte de 17 guerrilheiros.
Juan Manuel Santos salientou que o campo onde se encontrava o número dois das FARC se situa no Equador, a cerca de dois quilómetros da fronteira com a Colômbia. O corpo de Raúl Reyes, de 59 anos, foi já repatriado para a Colômbia.
A morte de Raúl Reyes, que assumia as funções de porta-voz da guerrilha, surge numa altura em que está a ser negociada a libertação de reféns, designadamente da ex-candidata presidencial franco-colombiana Ingrid Betancourt.
Ver comentários