Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Reactores desactivados

Tepco admite pela primeira vez que não é possível recuperar reactores danificados.
31 de Março de 2011 às 00:30
Imperador Akihito e imperatriz Michiko visitaram as vítimas do sismo
Imperador Akihito e imperatriz Michiko visitaram as vítimas do sismo FOTO: Issei Kato/Reuters

O Japão vai desmantelar os quatro reactores danificados da central de Fukushima e impor novas medidas de segurança aos operadores de centrais nucleares. Estas medidas foram adoptadas no dia em que a concentração de radioactividade no mar junto à central superou em mais de três mil vezes os níveis legais.

A Tepco, proprietária da central de Fukushima, assegurou que os reactores 1 a 4 serão desactivados logo que a situação esteja controlada. Quanto aos dois restantes, que foram desligados em segurança, a sua continuidade em funcionamento será posta à consideração dos habitantes da região. A Tepco anunciou ainda indemnizações aos afectados pela fuga radioactiva.

O governo ordenou entretanto que até meados de Abril todas as centrais nucleares do país tenham geradores suplementares e camiões de bombeiros capazes de lançar água para arrefecer reactores danificados.

nuclear reactures Japão desastre
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)