Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Rebeldes dizem ter abatido avião do regime na Síria

Guerra na Síria já causou mais de 320.000 mortos.
Lusa 11 de Julho de 2017 às 12:59
Síria, Souseida, Deraa, Fares, Ahmad, Observatório Sírio dos Direitos Humanos, Soueida, OSDH, Damasco, Qouneitra, Lisboa, Estados Unidos, Jordânia, Irão, distúrbios, guerras e conflitos
Síria, Souseida, Deraa, Fares, Ahmad, Observatório Sírio dos Direitos Humanos, Soueida, OSDH, Damasco, Qouneitra, Lisboa, Estados Unidos, Jordânia, Irão, distúrbios, guerras e conflitos FOTO: Getty
Os rebeldes sírios afirmaram ter abatido esta terça-feira um avião do regime perto de uma região que faz parte da zona da trégua em vigor nas três províncias do sul da Síria.

Dois grupos rebeldes que operam no sudeste da Síria reivindicaram a operação num comunicado conjunto.

"O avião foi abatido e caiu num território sob controlo do regime. Desconhece-se o que aconteceu ao piloto", disse Fares al-Mounjed do grupo rebeldes "as forças de Ahmad al-Abdo".

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) afirmou que o avião foi abatido perto de uma localidade na fronteira entre as províncias de Damasco e de Soueida.

Deraa, Qouneitra e Soueida são as três províncias onde está em vigor desde as 12:00 locais de domingo (10:00 em Lisboa) um cessar-fogo acordado entre os Estados Unidos, a Rússia e a Jordânia.

Estas províncias do sul sírio integram as zonas de diminuição de conflito ("zonas de desescalada") do plano concluído entre a Rússia e o Irão (aliados do regime de Damasco) e a Turquia (apoiante de rebeldes).

Apesar do cessar-fogo ser globalmente respeitado, o regime sírio lançou na segunda-feira uma ofensiva contra os rebeldes na província de Souseida, segundo o OSDH, indicando um meio de comunicação estatal que o ataque era contra os 'jihadistas'.

De acordo com o Observatório e com grupos rebeldes, esta terça-feira continuam a registar-se confrontos naquela província.

Desencadeada em 2011, a guerra na Síria já causou mais de 320.000 mortos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)