Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Recém-nascido é atirado de terceiro andar e sobrevive

Tia do bebé confessou ter atirado o bebé porque uma voz a mandou. Veja o vídeo.
9 de Setembro de 2016 às 17:47
Bebé
Bebé FOTO: iStockphoto

Uma criança foi atirada, esta madrugada, do terceiro andar de um hospital na Índia pela própria tia.

A criança de apenas 18 dias estava hospitalizada devido a uma infeção e a tia, depois de a alimentar, dirigiu-se à varanda do prédio e atirou-a de uma altura de nove metros.

O alerta foi dado pelo tio, que estranhou não ver a criança ao acordar. O bebé acabou por ser encontrado por funcionários do hospital, que ouviram o bebé a chorar na parte exterior do edifício.

Questionada sobre o que aconteceu, a tia confessou que ouviu uma voz na cabeça a dizer-lhe para fazer isso porque o bebé "estava possuído". "Eu não sei porque fiz isso, mas obedeci", conta. A criança saiu ilesa da queda, mas a mulher vai responder em tribunal por tentativa de homicídio.

O incidente aconteceu em Kanpur, no norte Índia, e ficou registado nas câmaras de vídeovigilância do hospital.

Recém-nascido Bebé Índia Homicídio Queda Hospital Sarita Varanda
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)