Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Recolher obrigatório

Cerca de dez mil militares chegaram ontem às zonas mais afectadas pelo terramoto de intensidade 8.8 que atingiu o Chile no sábado para pôr fim às pilhagens. O governo decretou o recolher obrigatório nocturno na região de Maule e na cidade de Conception, onde ontem os saques continuavam sem controlo. O balanço de vítimas era ontem de 711 mortos.
2 de Março de 2010 às 00:30
Além das mortes, o terramoto causou elevados prejuízos
Além das mortes, o terramoto causou elevados prejuízos FOTO: Leo la Valle/EPA

Os soldados foram destacados na região de Maule e na cidade de Conception, em Biobío, e também em Santiago, não só para travar saques, mas para distribuir a ajuda humanitária, que está a chegar muito lentamente, deixando indignadas as populações. O Chile pediu já ajuda internacional.

Equipas de socorro estavam ontem a acelerar as operações de resgate. A catástrofe, a pior que atingiu o Chile nos últimos 50 anos, deixou cerca de um milhão e meio de pessoas desalojadas. Especialistas afirmam que o número de vítimas poderia ter sido inferior se a Marinha tivesse advertido do tsunami que se seguiu ao terramoto.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)