Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Recontagem dos votos será parcial (COM VÍDEO)

O Conselho dos Guardiões, principal órgão legislativo do Irão, deu ontem luz verde a uma recontagem parcial dos votos das presidenciais, mas rejeitou anular os resultados que deram a vitória ao presidente Mahmoud Ahmadinejad. A oposição, liderada pelo candidato derrotado Mir Hossein Mousavi, já considerou a medida insuficiente e prometeu continuar com as acções de protestos nas ruas.

17 de Junho de 2009 às 00:30
Jovens opositores ao regime não querem recontagem de votos mas sim a repetição do escrutínio
Jovens opositores ao regime não querem recontagem de votos mas sim a repetição do escrutínio FOTO: Sergey Dolzhenko, EPA

Num breve comunicado, o Conselho dos Guardiões autorizou a 'recontagem dos votos questionados por alguns candidatos, na presença dos seus representantes', mas rejeitou liminarmente os pedidos da oposição para declarar nula a vitória de Ahmadinejad, fazendo prever uma escalada nos protestos que desde sábado têm paralisado a capital iraniana, Teerão.

Ontem, dezenas de milhar de apoiantes do presidente Ahmadinejad saíram às ruas, concentrando-se no centro da cidade, numa praça para onde estava agendado uma outra manifestação, esta dos apoiantes de Mousavi. O líder da oposição aconselhou os seus apoiantes a cancelarem o protesto para evitar confrontos com os apoiantes do rival e 'poupar vidas', mas estes acabaram por se concentrar noutra parte da cidade e ao final da tarde de ontem encaminhavam-se em silêncio para as instalações da TV estatal.

Na segunda-feira, pelo menos sete apoiantes de Mousavi foram mortos a tiro durante uma gigantesca manifestação que, segundo relatos, reuniu dois milhões de pessoas no centro de Teerão.

O regime de Teerão proibiu entretanto a cobertura informativa dos protestos por parte de jornalistas internacionais, numa tentativa de limitar o impacto internacional das manifestações. 

TWITTER AJUDA OPOSITORES

O governo dos EUA pediu aos administradores do Twitter para adiarem uma operação de manutenção durante o passado fim-de-semana para permitir à oposição iraniana continuar a utilizar a rede social da internet, revelou um responsável do Departamento de Estado. 

 

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)