Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Recorde os tiroteios mais recentes em escolas norte-americanas

Só este ano já houve 18 incidentes deste género.
15 de Fevereiro de 2018 às 00:58
Tiroteio na Flórida
A escola do Kentucky onde aconteceu o tiroteio
Tiroteio em escola do Novo México
Carolina do Sul, tiroteio, crianças, escola primária
Tiroteio na Flórida
A escola do Kentucky onde aconteceu o tiroteio
Tiroteio em escola do Novo México
Carolina do Sul, tiroteio, crianças, escola primária
Tiroteio na Flórida
A escola do Kentucky onde aconteceu o tiroteio
Tiroteio em escola do Novo México
Carolina do Sul, tiroteio, crianças, escola primária

Esta quarta-feira, um ex-aluno de uma escola secundária da Flórida, entrou no estabelecimento de ensino aos tiros e fez 17 mortos e dezenas de feridos. De acordo com a ONG Everytown for Gun Safety, apesar de chocante, este é já o 18º tiroteio a ocorrer dentro ou nas imediações de escolas nos EUA, só este ano.

Recorde alguns dos tiroteios mais recentes em escolas norte-americanas:

Tiroteio em escola de Los Angeles faz cinco feridos
Uma rapariga de 12 anos feriu a tiro cinco pessoas numa escola de Los Angeles no dia 1 de fevereiro. Uma das vítimas, um jovem de 15 anos, foi ferida com uma bala na cabeça e transportada para o hospital em estado grave, mas estável. 

Dois mortos e vários feridos em tiroteio numa escola americana
Um tiroteio numa escola secundária de Marshall County, no estado norte-americano do Kentucky fez, no dia 23 de janeiro, dois mortos e 19 feridos. O atirador foi um jovem de 15 anos que estudava no local. 

Tiroteio em escola do Novo México faz três mortos
Três pessoas morreram e 15 ficaram feridas num tiroteio, no dia 7 de dezembro na Escola Secundária de Aztec, no Novo México, EUA. Os mortos são dois estudantes e o atirador.

Cinco mortos em tiroteios junto a escola na Califórna
Pelo menos quatro pessoas foram mortas, a 14 de novembro, em tiroteios que ocorreram em vários locais no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, incluindo uma escola primária.

O atirador, que foi morto no local pelas autoridades, tinha uma espingarda semiautomática e dois revólveres, anunciaram as autoridades.
De acordo com a estação televisiva local, a KCRA, pelo menos sete pessoas foram hospitalizadas, entre as quais duas crianças: uma foi atingida na escola e outra quando seguia numa viatura com a mãe, que também ficou ferida. 

Tiroteio em escola secundária de Washington faz um morto e três feridos
Um homem foi detido a 13 de outubro feira após um tiroteio numa escola secundária em Washington, EUA, ter causado um morto e três feridos.

Recorde-se que o tiroteio desta quarta-feira já fez mais vítimas mortais que o massacre de Columbine que teve lugar a 20 de abril de 1999 na escola secundária desta cidade do estado norte-americano do Colorado. Na altura, dois jovens, Eric Harris e Dylan Klebold, mataram 12 alunos, um professor e feriram ainda 21 pessoas.

Após uma troca de tiros com a polícia, a dupla suicidou-se. Posteriormente, soube-se que o ataque foi planeado ao pormenor e, além do tiroteio, envolveu o uso de bombas para afastar os bombeiros, tanques de propano convertidos em bombas, 99 dispositivos explosivos e até carros-bomba. 


tiroteios escolas norte-americanos incidentes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)