Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Rede de pedofilia desmantelada em Itália

As autoridades italianas desmantelaram uma rede de pedofilia na Internet constituída por 186 pessoas, entre as quais três sacerdotes, dois autarcas, um assistente social e um polícia de trânsito. A operação policial desenrolou-se em 16 das 20 regiões italianas durante as últimas semanas, tendo sido também apreendida uma vasta gama de material informático.
24 de Maio de 2005 às 12:11
A notícia foi avançada esta terça-feira pelo Ministério Público de Siracusa, na Sicília, anunciando que o processo de investigação teve início há mais de um ano, quando receberam uma denúncia de uma associação de protecção de crianças, a Telefono Arcobaleno.
A Polícia descobriu através de técnicos informáticos que os alegados pedófilos utilizavam um servidor anónimo na Internet, cujo acesso apenas era possível através de uma ‘password’. Neste servidor, as cerca de duzentas pessoas envolvidas na rede trocavam imagens de crianças entre os quatro e oito anos envolvidas em actos sexuais e de violência.
No âmbito do inquérito aberto pela Polícia italiana, denominado de “Video Prive”, estão envolvidos três sacerdotes, um presidente de Câmara, um responsável por duas autarquias no Norte de Itália, um assistente social e um polícia de trânsito.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)