Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

REFÉM INGLÊS FOI EXECUTADO

O grupo iraquiano liderado pelo apoiante da al-Qaeda no Iraque, Al Zarqawi, executou o refém britânico, Kenneth Bigley, que estava sequestrado desde o passado dia 16 de Setembro, noticia esta sexta-feira a TV árabe Abu Dhabi, que cita fontes iraquianas.
8 de Outubro de 2004 às 12:41
Fontes governamentais britânicas, em declarações à televisão Sky, já confirmaram a morte do refém. Entretanto, o Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico e a embaixada da Grã-bretanha no Iraque anunciaram que estão a investigar as informações transmitidas tendo em vista a sua confirmação.
"Estamos a fazer tudo o que podemos para estabelecer a veracidade dessas notícias", afirmou um porta-voz do Ministério do Interior britânico.
A TV do Qatar, Al-Jazeera, afirma que Bigley terá sido decapitado quinta-feira à noite na província iraquiana de Latifiya, a sul de Bagdad.
Bigley, engenheiro de 62 anos, tinha sido raptado no dia 16 de Setembro, juntamente com dois norte americanos, Jack Hensley e Eugene Armstrong, também eles já executados. Os sequestradores exigiam que todas as mulheres iraquianas que se encontrem detidas sejam libertadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)