Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Primeiro-ministro britânico anuncia confinamento de um mês no Reino Unido

Boris Johnson disse que "nenhum primeiro-ministro responsável" poderia ignorar os números negros da pandemia.
Lusa 31 de Outubro de 2020 às 20:29
Boris Johnson
Boris Johnson
O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou hoje um novo confinamento de um mês para Inglaterra, depois de especialistas alertarem que sem uma ação forte o novo surto de covid-19 irá sobrecarregar os hospitais em semanas.

No dia em que o Reino Unido ultrapassou o milhão de casos de covid-19, o primeiro-ministro deu uma conferência de imprensa na qual confirmou que as restrições rigorosas à economia e à vida quotidiana começam na quinta-feira e durarão até 02 de dezembro.

Boris Johnson disse que "nenhum primeiro-ministro responsável" poderia ignorar os números negros da pandemia.

Novas medidas impostas pelo Reino Unido
Escolas, colégios e universidades vão manter-se abertas. Empresas que não possam trabalhar a partir de casa também podem continuar a operar normalmente. Boris apelou ao teletrabalho sempre que possível.

Os bares e restaurantes devem encerrar e abrir apenas serviço de takeaway ou entregas.

Lojas não essenciais, cabeleireiros e eventos de entretenimento não estão permitidos e devem encerrar.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
REINO UNIDO Inglaterra Boris Johnson economia negócios e finanças
Ver comentários