Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Reino Unido começa a vacinar contra a Covid-19 já na próxima semana. Tudo o que precisa saber sobre a Pfizer

Profissionais de saúde, utentes de lares, cuidadores e idosos são prioridade no plano de vacinação.
Correio da Manhã 2 de Dezembro de 2020 às 08:42
The Wall Street Journal refere que 'o processo está ainda numa fase muito inicial'
Vacina Pfizer para a Covid-19
The Wall Street Journal refere que 'o processo está ainda numa fase muito inicial'
Vacina Pfizer para a Covid-19
The Wall Street Journal refere que 'o processo está ainda numa fase muito inicial'
Vacina Pfizer para a Covid-19
O Mundo acorda esta quarta-feira com uma boa notícia: O Reino Unido aprovou a vacina Pfizer e deverá começar a vacinação contra a Covid-19 já na próxima semana. É a primeira vacina a ser aprovada no Mundo e traz aos britânicos uma pequena 'luz ao fundo do túnel'. Mas o que se sabe sobre esta vacina? 

A vacina da Pfizer utiliza uma técnica que codifica uma molécula de RNA (ácido ribonucleico) que é encapsulada em uma membrana para que possa entrar nas células. Cada dose da vacina conta com 30 microgramas de RNA.

Das três principais vacinas (Pfizer, Moderna e AstraZeneca), esta é a que obriga a maiores cuidados, já que precisa de ser armazenada a uma temperatura de menos 80 graus o que se torna um desafio logístico para alguns países.

O custo desta vacina deverá rondar os 15 euros por dose. Já está garantida uma produção de 50 milhões de doses até ao final deste ano e prevê-se a produção de 1,3 mil milhões de doses para 2021. 

A luz verde das autoridades do Reino Unido "segue-se a meses de testes clínicos rigorosos e extensa análise de dados por especialistas da MHRA que concluíram que a vacina atendeu aos padrões estritos de segurança, qualidade e eficácia", afirmou o porta-voz do ministério da Saúde britânico.

Os resultados dos testes em grande escala desta vacina mostraram 95% de eficácia.

As pessoas prioritárias para receber a vacina incluem profissionais de saúde, residentes de lares de idosos, cuidadores, idosos e os mais vulneráveis.
Reino Unido Pfizer Covid-19 RNA Mundo saúde tratamentos
Ver comentários