Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Restaurantes e 'pubs' em risco no Reino Unido devido à Covid-19

Governo admite “confinamento social” em Londres.
Maria Vaz 29 de Setembro de 2020 às 08:39
Fecho dos bares e restaurantes às 22h00 não evitou ajuntamentos nas ruas
Testes ao coronavírus
Fecho dos bares e restaurantes às 22h00 não evitou ajuntamentos nas ruas
Testes ao coronavírus
Fecho dos bares e restaurantes às 22h00 não evitou ajuntamentos nas ruas
Testes ao coronavírus
O governo britânico admite decretar o “confinamento social” em Londres e nalgumas zonas do norte do país, mandando fechar bares, pubs e restaurantes por duas semanas, caso os números de infeção por Covid-19 continuem a subir. O plano de emergência prevê ainda que pessoas de diferentes agregados familiares não se possam juntar em espaços fechados.

As medidas chegaram a ser discutidas na semana passada em Conselho de Ministros, mas não avançou porque “o país não estava preparado”. O governo optou na altura por mandar encerrar bares e restaurantes às 22h, mas as autoridades já constataram que as pessoas não têm respeitado as normas, acabando por se juntar na rua após a hora de fecho dos estabelecimentos. A secretária de estado da Saúde, Hellen Whately, alertou que o governo está “atento” às taxas de infeção e que só atuará em caso de necessidade.


pormenores
Surto em cruzeiro
Um cruzeiro com 920 passageiros na ilhas gregas foi interrompido depois de 12 tripulantes terem testado positivo à Covid-19. Os pacientes foram isolados e o navio regressou ao porto do Pireu, em Atenas.

Novas restrições
O governo holandês anunciou esta segunda-feira novas medidas de restrição que incluem a limitação de viagens, o encerramento de bares e restaurantes às 10 da noite e o fim de público em eventos desportivos durante as próximas três semanas.

19 200 infeções diárias
A chanceler Angela Merkel admitiu esta segunda-feira que a Alemanha poderá chegar às 19 200 infeções diárias, caso a atual tendência se mantenha.

Spray nasal eficaz
Um spray nasal para reforçar o sistema imunológico contra a gripe demonstrou capacidade para travar a reprodução viral da Covid-19 em testes realizados na Austrália.

120 milhões de testes rápidos à Covid-19
A Organização Mundial de Saúde vai disponibilizar 120 milhões de testes rápidos à Covid-19 a países de baixos e médios rendimentos. Estes testes apresentam resultados entre 15 a 30 minutos e deverão custar cerca de 4 euros ou menos cada, tendo de ser lidos por profissionais de saúde. Outros países também os vão poder encomendar, sendo que a Alemanha já solicitou cerca de 20 milhões.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários