Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Revolta de presos em Guantanamo

Um grupo de suspeitos de terrorismo detidos na prisão norte-americana de Guantanamo (Cuba) atacou esta sexta-feira os guardas que os vigiavam, acabando por ser controlados pouco depois, informou uma fonte militar dos EUA.
19 de Maio de 2006 às 18:34
Revolta de presos em Guantanamo
Revolta de presos em Guantanamo FOTO: d.r.
De acordo com um porta-voz da base militar norte-americana, os guardas entraram numa cela colectiva para impedir que um recluso se enforcasse, quando foram atacados por um número não determinado de presos munidos de armas improvisadas.
Este foi o primeiro incidente provocado por um grupo de prisioneiros em Guantanamo, onde já ocorreram outros problemas causados por detidos mas de forma individual, nunca um ataque perpetrado por um grupo de forma supostamente organizada.
Actualmente, encontram-se cerca de 460 indivíduos detidos em Guantanmo suspeitos de pertecencer à rede terrorista Al-Qaeda, de Osama bin Laden, e aos Taliban, cujo regime foi deposto no Afeganistão em 2002, no seguimento de uma intervenção militar liderada pelos EUA.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)