Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Richard Ramirez: O assassino em série que aterrorizou os EUA e tentou a fuga da cadeia com chave e caneta no reto

'Perseguidor da noite' como ficou conhecido foi traído pelo detetor de metais. Queria continuar livre para poder matar.
Correio da Manhã 27 de Janeiro de 2021 às 10:46
Richard Ramirez
Richard Ramirez
Richard Ramirez
Richard Ramirez
Richard Ramirez
Richard Ramirez
Chamavam-lhe o 'perseguidor da noite' e foi um dos assassinos em série mais temidos dos EUA na década de 80. Richard Ramirez aterrorizou Los Angeles com homicídios, violações e roubos sem nenhum motivo aparente. 

As vítimas eram aleatórias, podiam ser crianças, idosos, homens ou mulheres e durante vários anos, Richard Ramirez matou 13 pessoas, tentou matar outras cinco, violou 11 vezes e foi autor de 14 roubos. 

Só em 1985, o homicida foi apanhado e detido mas a identificação do mesmo foi demorada assim como o seu julgamento. Só em 1989 foi finalmente condenado. 

Em 1993, o homicida tentou escapar da cadeia com uma caneta e uma chave para as algemas escondidas no reto. Foi traído pelo detetor de metais que identificou os objetos. 

O objetivo de Richard era adoecer e ter de ser levado de urgência para o hospital. A caminho poderia matar os polícias que o acompanhariam e fugir no carro dos mesmos. 

Richard Ramirez passou o resto da sua vida na prisão de San Quentin até ter morrido, em 2013, de causas naturais a caminho do corredor da morte.

A história macabra do famoso homicida é agora contada num documentário na Netflix. 
Richard Ramirez EUA Los Angeles crime lei e justiça julgamentos questões sociais morte
Ver comentários