Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Rigor dos juízes assusta defesas

O rigor do Supremo Tribunal Federal no julgamento do ‘Mensalão’ e o elevado número de condenações já proferidas surpreenderam e assustaram os advogados de defesa. Dos 10 arguidos julgados até agora, oito foram condenados por expressiva maioria dos 11 juízes, o que preocupa os advogados dos 27 arguidos ainda por julgar, entre eles o ex-ministro José Dirceu.
9 de Setembro de 2012 às 01:00
Magistrados querem fazer deste julgamento um marco histórico no combate à corrupção no Brasil
Magistrados querem fazer deste julgamento um marco histórico no combate à corrupção no Brasil FOTO: Ueslei Marcelino/Reuters

Antes do julgamento, a grande maioria dos advogados considerava que o processo era tão fraco e havia tão poucas provas que a maioria ou mesmo atotalidade dos arguidos seriailibada. Mas os juízes consideraram que o maior esquema de corrupção da era Lula não só existiu, como teve chefes, corruptores, corrompidos e beneficiários, e começaram a puni-los.

No primeiro dos sete blocos em que o julgamento foi dividido, o publicitário Marcos Valério, considerado o operador do esquema, dois sócios dele, um deputado do PT e um ex-director do Banco do Brasil foram condenados pelo desvio de dezenas de milhões de euros daquele banco público. No segundobloco, cuja votação terminou quinta-feira, foram condenados três ex-dirigentes do Banco Rural, por forjarem empréstimosa Valério e ao partido de Lula da Silva para justificarem a origem de parte do dinheiro desviado.

A sensação é de que os juízes parecem dispostos a fazer deste julgamento um marco histórico na luta contra a corrupção e que serão duros nas penas a atribuir aos condenados, que só serão conhecidas quando for divulgado o veredicto dos 37 réus.

JULGAMENTO PODE SÓ TERMINAR EM NOVEMBRO

O julgamento do ‘Mensalão’, que devia terminar este mês, pode arrastar-se até final deNovembro. Essa é a projecção de vários juízes do Supremo Tribunal Federal, que atribuem este atraso, principalmente, a um dos colegas, o revisor do processo, Ricardo Lewandowsky, que tem demorado dias para justificar cada um dos seus votos em longos e enfadonhos discursos. Colegas consideram que, com excepção do relator do processo, os restantes juízes deviam sintetizar as justificativas.

JUÍZES MENSALÃO JULGAMENTO JOSÉ DIRCEU BRASIL
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)