Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Rixa entre gangues em prisão no Brasil mata 57 pessoas

Dezasseis das vítimas mortais acabaram decapitadas.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 29 de Julho de 2019 às 17:21
Rixa entre gangues em prisão no Brasil mata 52 pessoas
Rixa entre gangues em prisão no Brasil mata 52 pessoas
Rixa entre gangues em prisão no Brasil mata 52 pessoas
Rixa entre gangues em prisão no Brasil mata 52 pessoas
Rixa entre gangues em prisão no Brasil mata 52 pessoas
Rixa entre gangues em prisão no Brasil mata 52 pessoas

Uma sangrenta batalha de cinco horas entre presos de fações rivais deixou esta segunda-feira um trágico balanço de 57 mortos na cadeia Centro de Recuperação Regional, em Altamira, no Sudoeste do estado do Pará. Dois guardas prisionais chegaram a ser feitos reféns por reclusos, mas foram libertados com apenas ferimentos leves.

De acordo com a Superintendência do Sistema Prisional do Pará (Susip), pouco depois das sete horas da manhã, presos ligados a uma fação criminosa confinados numa ala separada da dos outros conseguiram furar as barreiras de segurança e avançaram para a ala onde estavam reclusos de uma organização rival. Tendo conseguido invadir essa ala, os amotinados começaram a matar presos da outra fação, 16 dos quais foram decapitados.

A certa altura, o acesso à ala invadida foi bloqueado e os presos incendiaram colchões e roupas, provocando mortes também por intoxicação. Quando as autoridades finalmente conseguiram retomar o controlo da cadeia, 57 corpos foram encontrados.

A matança em Altamira foi a segunda grande chacina ocorrida em prisões brasileiras este ano. Em maio, 55 presos foram mortos em poucas horas em duas prisões em Manaus, capital do estado do Amazonas, dessa feita, segundo as autoridades, numa disputa de membros de grupos rivais de uma mesma fação que lutavam pelo comando da organização.

Centro de Recuperação Regional de Altamira Brasil Pará rebelião rixa decapitadas mortes polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)