Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Roménia elege novo presidente

Atual primeiro-ministro é candidato favorito.
2 de Novembro de 2014 às 09:18
Victor Ponta recorreu a uma mensagem mais nacionalista, de acordo com o seu lema 'Orgulhosos de Ser Romenos'
Victor Ponta recorreu a uma mensagem mais nacionalista, de acordo com o seu lema 'Orgulhosos de Ser Romenos' FOTO: Radu Sigheti/Reuters

O primeiro-ministro da Roménia e líder do Partido Social-Democrata (PSD), Victor Ponta, aspira a ser este domingo eleito, aos 42 anos, como o mais jovem presidente da história do país balcânico.

Liderando as sondagens com cerca de 40 por cento das intenções de voto, Ponta optou durante a campanha por um discurso menos agressivo em relação aos seus adversários do que o utilizado contra ele pelo presidente cessante, Traian Basescu, que o acusou de ter sido um agente dos serviços secretos quando trabalhou como procurador.

Victor Ponta recorreu, nesta campanha, a uma mensagem mais nacionalista, de acordo com o seu lema 'Orgulhosos de Ser Romenos', e marcou presença em cerimónias e ator da Igreja Ortodoxa, consciente de que essa imagem poderia valer-lhe votos em alguns setores da população.

O atual primeiro-ministro teve de enfrentar vários escândalos de corrupção no seu partido durante a campanha, aos quais reagiu expulsando inclusivamente colaboradores próximos, como o seu próprio diretor de campanha, acusado de tráfico de influências.

Politicamente formado nas juventudes social-democratas, Ponta entrou na alta política em 2001, como secretário de Estado, no Governo de Adrian Nastase, posteriormente condenado por corrupção.

Entre 2008 e 2009, ocupou as funções de relações com o parlamento.

Desde que foi eleito presidente do PSD, em 2010, dominou o partido com mão de ferro e evitou que, das suas fileiras, surgisse outro candidato à Presidência da República.

Roménia PSD Victor Ponta eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)