Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Roubam Pai Natal gigante e devolvem-no após oferta de resgate de 444 euros

Insuflável com oito metros de altura e mais de 200 quilos, encontrava-se no alto de uma encosta.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 14 de Dezembro de 2019 às 13:31
 Pai Natal insuflável
Pai Natal
 Pai Natal insuflável
Pai Natal
 Pai Natal insuflável
Pai Natal

Um boneco insuflável gigante do Pai Natal, que tinha sido roubado na madrugada da passada terça-feira, foi devolvido esta sexta-feira pelos ladrões, após a proprietária ter oferecido um resgate pelo equipamento.

A empresária, dona de uma loja em Nova Lima, na área metropolitana de Belo Horizonte, capital do estado brasileiro de Minas Gerais, não revelou se pagou ou não a recompensa oferecida, 444 euros, mas na cidade especula-se que a repentina devolução do boneco aconteceu depois desse pagamento.

O Pai Natal, com oito metros de altura e mais de 200 quilos, encontrava-se no alto de uma encosta, ao lado de um cartaz publicitário da loja da empresária. Na madrugada de terça-feira, os ladrões roubaram o boneco. É desconhecido se os autores do furto esvaziaram ou não o insuflável, ou se apenas o fizeram desaparecer. 

A empresária, que tinha pago 1111 euros pelo boneco, veio a público oferecer o resgate, mesmo sem ter esperanças de recuperar o Pai Natal. Mas os ladrões, provavelmente sem saberem o que fazer com um boneco de grandes dimensões e que chamaria a atenção em qualquer local onde fosse deixado, decidiram devolvê-lo.

O boneco foi deixado amarrado por fios de aço no meio de um matagal perto do Viaduto Mutuma, também em Nova Lima, e os ladrões ligaram depois para a empresária a dar a localização.

Outros casos
O furto do Pai Natal em Nova Lima não foi caso único no Brasil este ano. Entre os casos semelhantes que vieram a público nos últimos dias estão dois outros furtos de símbolos natalícios, em Brasília, capital federal do país.

Um ladrão, filmado por câmaras de videovigilância mas ainda não identificado, arrombou uma das portas de um condomínio residencial, entrou num dos edifícios e saiu de lá com uma árvore de Natal que funcionários e moradores tinham enfeitado.

Um dia depois, enquanto o pessoal do prédio furtado recolocava no átrio uma nova árvore e começava a enfeitá-la também, um outro ladrão, igualmente filmado pelas câmaras, mas que na altura ninguém se apercebeu, invadiu o condomínio por outra porta e entrou no edifício ao lado. Este ladrão, que tal como o primeiro chegou e fugiu numa bicicleta, roubou um boneco Pai Natal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)