Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Ruby, a cadela que salvou a vida da dona e que se recusa a abandonar o hospital

Shauna garante que o instinto animal lhe salvou a vida.
18 de Novembro de 2019 às 09:16
Ruby, a cadela que salvou a vida da dona e que se recusa a abandonar o hospital
Ruby, a cadela que salvou a vida da dona e que se recusa a abandonar o hospital
Ruby, a cadela que salvou a vida da dona e que se recusa a abandonar o hospital
Ruby, a cadela que salvou a vida da dona e que se recusa a abandonar o hospital
Ruby, a cadela que salvou a vida da dona e que se recusa a abandonar o hospital
Ruby, a cadela que salvou a vida da dona e que se recusa a abandonar o hospital
Ruby foi adotada por Shauna Darcy como cadela de assistência e já salvou a vida da dona várias vezes. "Enquanto ela estava no treino, reparei que começou a identificar alterações na minha frequência cardíaca e que agia de forma engraçada para me chamar a atenção", explica a dona ao La Stampa.

A cadela foi adotada para ajudar Shauna a lidar com a ansiedade, depressão e agorafobia. Ao ver os comportamentos diferentes, a dona decidiu dirigir-se ao hospital descobrindo que sofre de Síndrome de Ehlers-Danlos, do tipo IV, uma condição cardíaca rara. 

"Quando desmaio ela põe-se em cima de mim e lambe-me as mãos e o rosto até eu acordar", explica a jovem.

Ruby começou a ajudar a dona a monitorizar a frequência cardíaca e a tensão, acalmando-a durante os ataques de pânico e transportando a medicação de emergência. 

Na semana passada, a cadela começou a alertar a dona e Shauna não hesitou e chamou uma ambulância mesmo estando a sentir-se bem. Descobriu que o coração estava em fibrilhação auricular (com batimentos cardíacos muito irregulares) e que o instinto animal de Ruby estava certo. 

Quando os paramédicos chegaram a dona já estava praticamente inconsciente.

"Não estaria viva se não fosse ela", relata.
Ruby Shauna Darcy La Stampa questões sociais saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)