Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Rússia: 40 mil presos infectados com HIV

Quarenta mil dos cerca de 900 mil indivíduos detidos nas prisões russas estão infectados com o vírus VIH/SIDA e outros 44 mil sofrem de tuberculose em fase activa.
29 de Janeiro de 2008 às 16:08
De acordo com o sub-director do Serviço Federal Penitenciário (SFP), Alexander Kononets, o número de reclusos infectados com HIV tem aumentado progressivamente, bem como o número de toxicodependentes. Pelo menos 95 por cento dos presos toxicodependentes estão infectados.
No que respeita ao número de detidos tuberculosos, está a diminuir comparativamente com os anos anteriores. Em 2007, o número de doentes que davam entrada nas prisões russas caiu para cerca de metade dos 30 mil contabilizados no ano anterior. A propagação da tuberculose nas prisões russas resulta do amontoamento de presos nas celas, da carência de medicamentos e má alimentação.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a tuberculose é responsável todos os anos pela morte de 26 mil pessoas na Rússia, sendo que outras 110 mil contraem a doença, na maioria dos casos, nas prisões.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)