Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Rússia acusa UE de distorcer acordo

O ministro russo dos negócios estrangeiros, Sergei Lavrov, acusou esta quarta-feira os líderes da União Europeia de distorção do acordo Rússia- UE sobre o envio para a Geórgia de observadores internacionais do cessar-fogo.
10 de Setembro de 2008 às 13:56
Ministro russo dos Negócios Estrangeiros
Ministro russo dos Negócios Estrangeiros FOTO: AFP

Lavrov acusou Sarcozy e Durão Barroso de assinarem um documento na segunda-feira à noite em Tbilissi, que contradiz aquele que fizeram horas antes em Moscovo.

O documento declara que a UE “defende o envio rápido de observadores para todo o território georgiano”. Mas Lavrov declarou  que o documento assinado pela Rússia refere que os observadores não iriam entrar na Ossétia do Sul nem na Abcásia, acrescentando ainda que o que aconteceu em Tbilissi não tem qualquer significado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)