Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Rússia divulga documentos secretos de massacre

Sete documentos secretos que responsabilizam a Rússia pelo massacre de 22 mil polacos em Katyn, em 1940, quando Estaline se encontrava no poder, vieram agora a público.
28 de Abril de 2010 às 17:29
Nos documentos, a autorização é assinada por Estaline
Nos documentos, a autorização é assinada por Estaline FOTO: d.r.
Apesar de já serem conhecidos, os documentos estão agora disponíveis nos sites oficiais do Arquivo Estatal Russo. Contudo, 100 volumes vão continuar inacessíveis.

Segundo o jornal espanhol ‘El País’, poucos minutos após os arquivos terem sido disponibilizados, o acesso ao site ficou bloqueado devido à grande afluência de pessoas, principalmente polacas, que o tentou consultar.

A Rússia não reconhece os acontecimentos de Katyn como um massacre e, ainda em 2008, a imprensa russa chegou a atribuir estes crimes a Adolf Hitler. No entanto, agora pode-se ver a assinatura de Estaline a concordar com a proposta do chefe da polícia política NKVD, que sugere “ examinar rapidamente o uso das maiores formas de punição – morte por fuzilamento” para exterminar os oficiais polacos, sem julgamento nem investigação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)