Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

RÚSSIA ENVIA MINISTRO À GEÓRGIA

As tropas russas estacionadas na Geórgia não vão intervir na situação gerada esta manhã em Tiblissi, depois da oposição georgiana ter ocupado o parlamento e proclamado um novo presidente interino. Moscovo vai enviar ao local o ministro dos Negócios Estrangeiros, Igor Ivanov.
22 de Novembro de 2003 às 17:58
Um porta-voz do ministério da Defesa russo explicou que as forças russas não se vão envolver nos acontecimentos que se estão a registar este sábado na Geórgia, considerando-os um “assunto interno” daquela república.
No entanto, o presidente russo, Vladimir Putin, decidiu enviar para Tiblissi o ministro dos Negócios Estrangeiros, Igor Ivanov. Uma decisão tomada depois de Putin consultar os chefes das antigas repúblicas soviéticas.
Em reacção aos acontecimentos desta manhã, a Polónia apelou a um desfecho pacífico para a situação na Geórgia, segundo declarações do ministro dos Negócios Estrangeiros polaco, Boguslaw Majewski.
Centenas de manifestantes da oposição georgiana ocuparam o parlamento e o palácio presidencial, esta manhã, enquanto o presidente Eduard Shevardnadze se preparava para discursar, exigindo o seu afastamento do cargo. O chefe de Estado foi retirado do edifício acompanhado por um forte dispositivo de segurança.
Ver comentários