Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Rússia: Militares condenados pela morte de civis

Dois militares russos foram condenados quinta-feira pelo tribunal militar da região do Cáucaso do Norte a 15 e 17 anos de prisão, por terem morto três civis tchetchenos em 2003.
28 de Dezembro de 2007 às 10:15
Os acusados perderam ainda as suas patentes militares. Um dos acusados, Evgueni Khoudiakov, condenado a 17 anos de cadeia, não esteve na leitura da sentença e encontra-se em parte incerta. Já Serguei Araktcheev, condenado a 15 anos de prisão, foi detido de imediato na sala de audiências.
Os dois militares eram acusados de mandar parar um camião perto do aeroporto de Grozny, a 15 de Janeiro de 2003, abrindo fogo contra o veículo. Três funcionários de uma empresa de construção morreram.
Nos últimos dois anos, dois tribunais consideraram-nos como não culpados, mas das duas vezes, o Supremo Tribunal anulou a absolvição e em Abril deste ano enviou o processo para o tribunal militar da região do Cáucaso do Norte, que agora os condenou.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)