Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Rússia diz que grupos armados atacaram cidade síria

Exército já pediu explicações aos Estados Unidos.
28 de Fevereiro de 2016 às 13:18
O OSDH não foi capaz de indicar se aqueles territórios foram incluídos ou não no acordo de cessar-fogo
O OSDH não foi capaz de indicar se aqueles territórios foram incluídos ou não no acordo de cessar-fogo FOTO: Getty Images
O exército russo anunciou este domingo que grupos armados atacaram uma cidade no norte da Síria a partir de território turco, acrescentando que já pediram explicações aos Estados Unidos.

"Na noite de 27 para 28 de fevereiro, o centro para a reconciliação das partes em conflito na Síria recebeu informações sobre um ataque a partir de território turco contra a cidade síria de Tall Abyad por unidades armadas utilizando artilharia intensiva", disse o general Sergueï Kouralenko.

O responsável, que falava a partir da base aérea russa de Hmeimim, acrescentou que esta informação foi verificada e confirmada "por vários canais, incluindo representantes das forças democráticas da Síria" e que o centro russo já pediu uma explicação ao centro norte-americano para a reconciliação, que está baseado em Amã.

Também o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) deu conta de raides aéreos que zonas do norte e centro da Síria, no segundo dia de cessar-fogo, o que provocou pelo menos uma morte.

Nas zonas dos bombardeamentos estão presentes a subsidiária síria da Al-Qaida, a Frente al-Nusra, e também fações de tendência islâmica e brigadas do Exército Livre da Síria.

O OSDH não foi capaz de indicar se aqueles territórios foram incluídos ou não no acordo de cessar-fogo, que entrou em vigor no sábado.

Riade acusa a Rússia e o regime de Damas de violarem a trégua
O ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, acusou a Rússia e o regime do Presidente Bachar al-Assad de "violarem a trégua" acordada na Síria, depois das denúncias russas.

"Há violações da trégua da parte da aviação russa e da aviação do regime sírio", declarou o ministro, numa conferência de imprensa em Riade.

Os principais intervenientes no conflito sírio acusam-se, assim, mutuamente de terem violado o cessar-fogo.

Aviões bombardearam seis localidades da província de Alepo, no norte, e de Hama, no centro do país, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos e o seu diretor precisou que estas intervenções causaram um morto.
Síria Estados Unidos Tall Abyad política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)