Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Rússia testa novo míssil

O Topol-M pode transportar até seis ogivas nucleares e iludir o escudo antimíssil dos EUA.
Francisco J. Gonçalves 2 de Novembro de 2014 às 20:29
Os mísseis Topol-M podem ser lançados de rampas móveis
Os mísseis Topol-M podem ser lançados de rampas móveis FOTO: Grigory Dukor/Reuters

Depois de nos últimos dias bombardeiros russos forçarem a NATO a fazer cerca de 30 interceções junto ao espaço aéreo europeu, nomeadamente junto da costa portuguesa, a Rússia testou ontem um míssil intercontinental capaz, segundo os russos, de iludir o escudo antimíssil dos EUA.

O míssil Topol-M foi o primeiro criado após a queda da União Soviética e o teste de ontem, que oficialmente visou "confirmar a elevadíssima precisão dos mísseis Topol", pode ser visto como um aviso aos EUA.

Com alcance de 11 mil quilómetros, o míssil pode transportar até seis ogivas nucleares. O lançamento foi feito a partir de Plesetsk, junto da Finlândia, e o alvo foi atingido no Pacífico, a milhares de km. Recorde-se que na quinta e na sexta-feira, F-16 portugueses intercetaram quatro bombardeiros russos junto da costa portuguesa.  

Rússia testa novo míssil
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)