Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Saddam Hussein pode votar

A comissão eleitoral iraquiana anunciou esta terça-feira que os presos detidos no Iraque, entre os quais se encontra o ex-ditador Saddam Hussein e os seus mais directos colaboradores, podem vir a exercer o direito de voto no referendo à nova Constituição, marcado para o próximo sábado.
11 de Outubro de 2005 às 17:50
Vão ser enviadas urnas para a prisão de Abu Ghraib, localizada nas proximidades de Bagdad, e para outros campos de detenção onde cerca de 10000 reclusos estão também autorizados a votar. A comissão eleitoral garante ainda que todos os prisioneiros não condenados podem exercer o seu direito ao voto.
Apesar de não se saber ao certo a localização de Saddam, o porta-voz da comissão eleitoral, Farid Ayar, assegura que “se Saddam estiver em Abu Ghraib ou noutro campo de detenção, poderá também votar”.
No referendo do próximo sábado vão estar presentes junto aos locais de voto observadores internacionais com o objectivo de verificarem a transparência de todo o processo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)