Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

SALDOS NO PENTÁGONO

É mais um embaraçoso escândalo a abalar os serviços de segurança dos EUA após a recente revelação pública do nome de uma espia. O Pentágono tem à venda no seu 'site' da Internet, a preço de "saldo", variado material indispensável no fabrico de armas químicas e biológicas.
8 de Outubro de 2003 às 00:00
O Pentágono vende material perigoso ao desbarato e sem investigar quem são os compradores
O Pentágono vende material perigoso ao desbarato e sem investigar quem são os compradores FOTO: d.r.
As vendas são feitas sem qualquer tipo de controlo, o que significa que grupos terroristas podem comprar directamente ao governo americano o material de que necessitam para dotar os seus arsenais de armas de destruição em massa - ainda por cima, muito abaixo do preço de custo.
Uma investigação do Congresso descobriu que é possível comprar, sem qualquer dificuldade, material excedentário do Pentágono através da Internet. Até aqui não haveria problema. O que é grave é que, entre o material disponibilizado pelo Departamento de Defesa para venda no seu "site", encontra-se equipamento que pode ser usado no fabrico de armas químicas ou biológicas, como centrifugadoras, evaporadoras, incubadoras e até vestuário de protecção.
A facilidade em adquirir estes materiais foi comprovada por investigadores do Congresso, os quais , através de uma empresa fictícia, conseguiram comprar material "proibido" sem que fossem feitas quaisquer perguntas. Descobriram ainda que algum do material vendido no passado foi depois revendido a países onde operam grupos terroristas, como a Malásia, as Filipinas ou o Egipto.
"O Departamento da Defesa não pode ser o centro comercial de possíveis terroristas", insurgiu-se o congressista Christopher Shays, adiantando que a situação representa "uma ameaça à segurança nacional".
'BRONCA' NO DEPARTAMENTO DE DEFESA
EQUIPAMENTO
Entre o equipamento à venda no 'site' do departamento da defesa encontram-se centrifugadoras, incubadoras, ventiladores e vestuário especial de protecção contra contaminação química e biológica.
BAIXO CUSTOO
Equipamento vendido pelo pentágono está à venda em qualquer loja da especialidade, mas no 'site' do departamento de defesa custa dez vezes menos. um autêntico 'preço de amigo' para os terroristas.
PERIGO
O pentágono não investigou os compradores do material considerado perigoso. Algum equipamento foi, inclusivé, revendido a países com grupos terroristas, como o Egipto, a Malásia e as Filipinas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)