Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Salva menina de sete anos de rapto e violação

Rapaz de 11 anos perseguiu predador sexual.
Pedro Zagacho Gonçalves 17 de Dezembro de 2016 às 21:12
TJ Smith recebeu um crachá de 'polícia honorário'
James Ware foi alertado pelo menor e ajudou a imobilizar o suspeito
Raeshawn Perez, de 26 anos, preparava-se para violar menina de sete anos
TJ Smith recebeu um crachá de 'polícia honorário'
James Ware foi alertado pelo menor e ajudou a imobilizar o suspeito
Raeshawn Perez, de 26 anos, preparava-se para violar menina de sete anos
TJ Smith recebeu um crachá de 'polícia honorário'
James Ware foi alertado pelo menor e ajudou a imobilizar o suspeito
Raeshawn Perez, de 26 anos, preparava-se para violar menina de sete anos

TJ Smith diz que é fã de Batman mas, esta semana, foi ele o verdadeiro super-herói. O rapaz, de 11 anos, conseguiu evitar que uma menina de 7 fosse raptada e violada por um predador sexual, em Wichita Falls, no estado norte-americano do Texas.

À televisão local KAUZ, TJ contou que estava a brincar nu parque infantil que viu um homem a agarrar numa menina que estava no mesmo espaço. "Ela estava numa mota elétrica. Ele pegou nela e levou-a. Primeiro pensei que fosse primo dela ou assim, mas depois percebi que se passava algo de errado. Comecei a correr atrás dele", conta o pequeno herói.

TJ seguiu o homem, mais tarde identificado pelas autoridades como Raeshawn Perez, até o ver levar a menina para o jardim de uma casa.

TJ, que mora e conhece bem o bairro onde tudo aconteceu, correu em seguida para a casa de um vizinho, James Ware. Contou-lhe o que se tinha passado e pediu-lhe que fosse com ele de carro à casa onde tinha visto o homem e a menina. Quando lá chegaram Ware conta que o homem "largou a menina e começou a fugir". Ele e outro vizinho conseguiram intercetar o predador sexual e chamaram as autoridades.

Raeshawn Perez, de 26 anos, confessou às autoridades que planeava fazer sexo com a menina. Foi detido e está acusado de rapto de menor. O homem já tinha cadastro por abuso sexual e por conduzir alcoolizado.

O Mayor de Wichita Falls e o chefe da polícia local elogiaram a ação de TJ Smith e visitaram o menino, que presentearam com um crachá de 'polícia honorário' e um certificado, como prova do feito heróico.

TJ Smith Batman Wichita Raeshawn Perez James Ware crime lei e justiça questões sociais crime violação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)