Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Sánchez recusa governo de coligação em Espanha

Líder socialista ignorou a ameaça do Podemos de boicotar a investidura e ofereceu um acordo programático ao partido de Iglesias.
Francisco J. Gonçalves 3 de Maio de 2019 às 08:51
Iglesias (à esq. na foto) pressionou Sánchez para entrar no novo executivo
Socialista Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Iglesias (à esq. na foto) pressionou Sánchez para entrar no novo executivo
Socialista Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Iglesias (à esq. na foto) pressionou Sánchez para entrar no novo executivo
Socialista Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
Pedro Sánchez
O primeiro-ministro espanhol rejeitou esta quinta-feira o ultimato do Podemos e propôs ao partido de extrema-esquerda um pacto programático sem participação no governo.

Pablo Iglesias, líder do Podemos, ameaçou não viabilizar o novo executivo se Pedro Sánchez persistir em governar sozinho e não gostou de saber pela comunicação social que será somente o terceiro líder partidário a reunir-se com Sánchez nas conversações da próxima semana que antecedem a formação do governo.

"A nossa intenção é fazer um governo como o atual, em solitário, embora com vontade de chegar a acordos com outros partidos, apesar de a preferência ser o Unidas Podemos, com quem há uma experiência prévia de entendimento", explicou José Luis Ábalos, o ‘número três’ do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE).

"Se se vai reunir com a direita vamos saber do que falam", afirmou Iglesias, não disfarçando o incómodo com o facto de só se ir reunir com Sánchez na tarde de terça-feira, depois de o PM receber Pablo Casado, do PP, na segunda-feira, e Albert Rivera, do Cidadãos, na manhã de terça-feira.

Iglesias frisou que a proposta que será feita ao seu partido ficará muito aquém do pretendido e repetiu a ameaça de boicotar a investidura de Sánchez se este insistir em não aceitar um governo de coligação à esquerda.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)