Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Sanções dos EUA à Coreia do Norte só terminam após desnuclearização

Secretário de Estado dos EUA assegura que o acordo de Singapura diz que o alívio das sanções só no fim do processo.
Francisco J. Gonçalves 15 de Junho de 2018 às 01:30
Kim Jong-un e Donald Trump
Cimeira entre Donald Trump e Kim Jong-un
Mike Pompeo
Kim Jong-un e Donald Trump
Cimeira entre Donald Trump e Kim Jong-un
Mike Pompeo
Kim Jong-un e Donald Trump
Cimeira entre Donald Trump e Kim Jong-un
Mike Pompeo
As sanções contra a Coreia do Norte não vão ser levantadas desde já, apesar do acordo assinado em Singapura esta semana pelo presidente Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong- -un. A garantia foi dada esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e corre o risco de criar tensões com o regime de Pyongyang.

"O presidente Trump foi incrivelmente claro sobre a sequência da desnuclearização e do alívio de sanções", afirmou Pompeo em Seul, onde se reuniu com os homólogos do Japão e da Coreia do Sul. Pompeo sublinhou que esse alívio "e o apoio económico que a Coreia do Norte irá receber só terão lugar após a desnuclearização total".

Esta leitura do acordo firmado em Singapura parece contradizer a de Pyongyang. A imprensa estatal da Coreia do Norte referiu nesta quarta-feira que Trump reconheceu o princípio "de ação progressiva e simultânea" para alcançar a desnuclearização e a paz na península coreana.

O texto do acordo deixa larga margem para interpretações, pois não contém dados concretos, não definindo mesmo os prazos para o início e o fim do desmantelamento das instalações nucleares e das armas já fabricadas, nem sobre a verificação do processo.

O Japão manifestou, entretanto, preocupação com o fim anunciado das manobras militares dos EUA na península coreana, afirmando que os exercícios, realizados anualmente, são essenciais para a segurança da região.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)