Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Sarkozy sugere que Luxemburgo receba ciganos

Nicolas Sarkozy reagiu duramente às críticas da comissária europeia da Justiça, a luxemburguesa Viviane Reding, sobre a expulsão de ciganos de França e sugeriu que a responsável abrisse as fronteiras do seu país para os acolher. O tema, que continua a gerar muita tensão nas relações entre Paris e Bruxelas e parece não ter fim à vista, já foi comentado pelo próprio presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso.
15 de Setembro de 2010 às 17:33
Sarkozy não gostou das críticas da comissária europeia
Sarkozy não gostou das críticas da comissária europeia FOTO: Caroline Blumberg/Epa

A reacção do presidente francês foi esta quarta-feira conhecida após um almoço com os senadores da maioria de direita da UMP. "Ele disse que não fez mais do que aplicar os regulamentos europeus, as leis francesas. Não há absolutamente para reprovar a França na questão, mas que se os luxemburgueses quiserem recebê-los, não há problema", relatou o senador Bruno Sido.

"Disse ainda que a nossa política é correcta e que é escandaloso que a Europa se exprima desta maneira sobre as acções de França", acrescentou o mesmo senador, revelando que Sarkozy se vai explicar melhor amanhã, durante o Conselho Europeu, a decorrer em Bruxelas.

Viviane Reding tinha criticado duramente a política francesa de expulsão de ciganos, comparando-a ao que aconteceu durante o período da Segunda Guerra Mundial. "Acho que a Europa não quer voltar a ter este tipo de situação similar à da Segunda Guerra Mundial", afirmou a comissão europeia para as questões de Justiça de Direitos dos Cidadãos.

A resposta de Sarkozy a Viviane Reding já mereceu reparos por parte do presidente da Comissão Europeia. "Reding tem o pleno apoio da Comissão e o meu pessoal", afirmou Durão Barroso, apesar de reconhecer que "algumas expressões utilizadas na véspera pela comissária possam ter provocado algum mal-entendido".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)