Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Secretário da Justiça americano demite-se

O secretário para a Justiça dos EUA, Alberto Gonzales, apresentou a sua demissão ao presidente George W. Bush, que a aceitou, confirmou ontem a Casa Branca. Recorde-se que Gonzales está sob fogo há vários meses, devido, nomeadamente, ao afastamento de oito procuradores federais.
28 de Agosto de 2007 às 00:00
Gonzales nega pressão mas acabou por se demitir
Gonzales nega pressão mas acabou por se demitir FOTO: d.r.
Segundo um alto funcionário da administração Bush, que falou sob anonimato, Gonzales não foi pressionado para apresentar a demissão. “A decisão foi dele. O presidente aceitou-a com muitas reticências”, garantiu.
O presidente não escolheu ainda um substituto para Gonzales, mas não deixará o cargo em aberto durante muito tempo, acrescentou a mesma fonte.
Bush defendeu repetidas vezes Gonzales, seu amigo e colega no Texas, mesmo quando foi alvo de intensas críticas pela forma como dirigiu o Departamento de Justiça, incluindo o seu papel na demissão de oito procuradores federais, em finais de 2006, e alegações de perjúrio quando testemunhou sobre os programas de vigilância da Agência de Segurança Nacional.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)