Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Segunda volta amplia derrota do PT e de Lula

Resultado foi mais significativo na área metropolitana de São Paulo.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 31 de Outubro de 2016 às 19:44
Lula com Dilma
Lula com Dilma FOTO: Paulo Whitaker/Reuters

A segunda volta das eleições autárquicas brasileiras, realizada neste domingo nas 58 cidades com mais de 200 mil habitantes que não conseguiram eleger o seu autarca na primeira volta, confirmou e ampliou a derrota do Partido dos Trabalhadores, PT, e do seu líder histórico e maior estrela, o ex-presidente Lula da Silva. No sufrágio deste domingo, o PT e Lula não conseguiram eleger nenhum dos seus candidatos em nenhuma região do Brasil.

A derrota foi mais significativa na área metropolitana de São Paulo, conhecida como "Cinturão Encarnado" por quase todas as cidades em redor de São Paulo serem controladas há décadas pelo PT. Em São Bernardo, o candidato do PT nem conseguiu passar para a segunda volta, e a derrota de Lula foi tão grande que ele nem conseguiu mesmo reeleger o filho que era vereador na cidade.

Tomando como referência apenas as cidades brasileiras com mais de 200 mil habitantes, em 2012 o PT conseguiu eleger autarcas em 17 delas, despencando em 2016 para apenas 1, Rio Branco, no distante estado do Acre. De terceira força municipal em 2012, o PT passa a ser a décima, numa derrota que já se antevia face à vaga de denúncias contra o partido por envolvimento no escândalo de corrupção conhecido como "Petrolão", mas que nem os mais ferrenhos anti-PT ousariam prever que fosse tão devastadora.

Os grandes vencedores das autárquicas, somando as duas voltas, são os dois principais partidos de apoio ao presidente Michel Temer, o PSDB e o PMDB. O PMDB, de Temer, manteve-se como maior partido do Brasil em termos de cidades que governa, mas o PSDB, de Aécio Neves, que subiu de terceiro para segundo e conquistou cidades grandes, vai governar uma população muito maior. 



Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)