Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Seis mortos em protestos após eleições presidenciais na Indonésia

Esta onda de manifestações surge devido a acusações de fraude eleitoral.
22 de Maio de 2019 às 14:38
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis mortos em protestos após as eleições presidenciais na Indonésia
Seis pessoas morreram e pelo menos 200 ficaram feridas esta quarta-feira na sequência de protestos que estão a marcar Jacarta, na Indonésia.

A manifestação violenta surge depois de terem sido divulgados os resultados das eleições presidenciais de abril, em que Joko Widodo proclamou vitória.

Esta onda de protestos surge devido a acusações de fraude eleitoral.

A polícia da Indonésia teve de entrar em ação disparando granadas de gás lacrimogéneo e balas de borracha contra os manifestantes, que abriram fogo numa das principais ruas localizada perto da agência de supervisão eleitoral.

Mais de 250 pessoas detidas na sequência de confrontos

Pelo menos 257 pessoas foram detidas em Jacarta, na sequência dos confrontos que começaram na terça-feira, após o anúncio da reeleição do Presidente indonésio, Joko Widodo, anunciou hoje a polícia.

Em conferência de imprensa, o porta-voz da polícia de Jacarta, Prabowo Argo Yuwono, ligou as detenções à destruição de propriedade e incitação à violência.

Jacarta Indonésia Joko Widodo política distúrbios guerras e conflitos manifestação eleições
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)