Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Separatistas desafiam Tribunal Constitucional espanhol

Partidos independentistas aprovam moção para reafirmar a via da autodeterminação.
Ricardo Ramos 23 de Outubro de 2019 às 08:46
Partidos catalães vão responder à sentença do Supremo Tribunal com novo desafio independentista
Partidos catalães vão responder à sentença do Supremo Tribunal com novo desafio independentista FOTO: EPA
Os três partidos independentistas que detêm a maioria no Parlamento Autonómico da Catalunha insistiram esta terça-feira na via da autodeterminação, num claro desafio ao Tribunal Constitucional espanhol, que na semana passada advertiu pessoalmente os líderes catalães para as possíveis consequências jurídicas de tais atos.

Os representantes dos três partidos independentistas - Juntos pela Catalunha, ERC e CUP - na Mesa do Parlamento catalão aprovaram por unanimidade uma moção para debater no hemiciclo, nos próximos dias, que reafirma "a via do direito à autodeterminação" como resposta à sentença do Supremo Tribunal, que na semana passada condenou nove dirigentes independentistas a penas entre os 9 e os 13 anos de prisão por sedição.

Os responsáveis jurídicos do Parlamento alertaram que esta moção vai contra as advertências feitas pelo Tribunal Constitucional, que avisou os independentistas de que poderiam incorrer no crime de desobediência. "Parece-me inaudito que, em democracia, isto tenha consequências jurídicas", criticou o presidente do Parlamento, Roger Torrent, acusando o Constitucional de "tentativa de censura".

Entretanto, o líder do governo catalão, Quim Torra, condenou esta terça-feira, por escrito, os atos violentos da última semana e lançou um novo apelo ao "diálogo sem condições" com o PM espanhol Pedro Sánchez", o qual, recorde-se, tinha recusado atender-lhe o telefone enquanto não condenasse de forma explícita a violência.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)