Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Separatistas anunciam início de "mobilização voluntária"

Em dez meses, o conflito fez mais de 5.300 mortos.
9 de Fevereiro de 2015 às 14:00
Um soldado ucraniano em Donetsk
Um soldado ucraniano em Donetsk FOTO: EPA

Os separatistas pró-russos do leste da Ucrânia anunciaram esta segunda-feira o início de uma "mobilização voluntária" para elevar a 100.000 o número de efetivos das milícias que combatem as tropas de Kiev.

"A mobilização começou. Podem dirigir-se aos locais de recrutamento para verificarem que a mobilização é voluntária", disse à imprensa o "número dois" do comando militar de Donetsk, Eduard Basurin. As autoridades locais das repúblicas autoproclamadas de Donetsk e Lugansk não divulgaram o número atual de efetivos das milícias nem quanto voluntários se apresentaram à mobilização.

Segundo o dirigente de Donetsk, no entanto, as milícias deste bastião separatistas vão contar com seis novas brigadas. Segundo o governo de Kiev, a mobilização anunciada pelos separatistas é uma "ação propagandística" que visa encobrir a entrada de 1.500 militares e voluntários russos em território ucraniano durante o fim de semana.

O aumento dos efetivos das milícias separatistas ocorre numa altura em que se realizam intensos contactos diplomáticos para alcançar um acordo de paz que ponha fim ao conflito que, em dez meses, fez mais de 5.300 mortos.

Ucrânia Donetsk Kiev separatistas
Ver comentários